Rádio Orizona Fm 87,9

(64)-3474-1700

Economia

Mesmo com bandeira tarifária verde, conta de luz de 2,6 milhões de domicílios deve subir

Mesmo assim, cerca de 2 milhões e 600 mil lares devem ver a conta de luz ficar mais cara

Mesmo com bandeira tarifária verde, conta de luz de 2,6 milhões de domicílios deve subir
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A bandeira tarifária da conta de luz continua verde, o que significa que o brasileiro não paga uma taxa extra a cada quilowatt-hora consumido.

Mesmo assim, cerca de 2 milhões e 600 mil lares devem ver a conta de luz ficar mais cara.

A Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, propôs reajustes nas tarifas de mais quatro estados: Acre, Amapá, Piauí e Rondônia.

São os reajustes anuais.

Em março, a agência autorizou alta de até 12,67% nas contas de luz de clientes atendidos por distribuidoras de energia em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Minas Gerais.

Em abril, foram os moradores da Bahia, do Ceará, do Rio Grande do Norte e do Sergipe que viram a tarifa subir.

Agora, os aumentos propostos atingem domicílios do Acre, Amapá, Piauí e Rondônia.

O maior reajuste médio proposto é de 44,4%, da distribuidora Equatorial Amapá, empresa que atende empresa atende cerca de 211,3 mil unidades em municípios amapaenses.

FONTE/CRÉDITOS: Agência Rádio2 - Repórter: Milena Abreu
Comentários:

Veja também

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )